Inspiração para libertar

 

O que aconteceu semana passada no Sea World (uma das orcas matou a treinadora mais experiente do parque) me fez pensar nos animais presos nesse tipo de cativeiro. Porque não é só estar ali, sem ter o mar inteiro pra nadar, nem utilizar toda a força pra caçar seu alimento, nem procriar na hora certa. É fazer todos os dias, várias vezes ao dia, movimentos repetitivos ao som de uma música bate-estaca altíssima, ser privado de alimento pra ser recompensado na hora do truque e usar 10% (ou menos) da sua capacidade de força e agressividade.

O âncora do Jornal da Band falou uma frase depois de anunciar a notícia que eu quero reproduzir aqui: “Só falta sacrificarem a baleia! Ela já teve sua vida sacrificada por estar trancada naquele tanque”. Bati palmas. Certamente, me solidarizo com a dor da família dessa mulher de 40 anos cujo sonho de infância era treinar baleias. Mas, e a dor do animal? Será que não seria muito melhor investir o dinheiro para manter um show desse porte num programa mundial de proteção ao meio ambiente, para que esses animais pudessem nadar livres, em mares limpos?

Existem animais que adoram a companhia do homem, vivem adaptados à nossa realidade e às nossas casas. Outros, simplesmente, nunca se adaptarão. Serão sempre mais felizes em seus ambientes, longe dos nossos olhos e das nossas mãos. É assim, longe, que eles são lindos. É dessa forma que deveríamos apreciá-los.

Zoológicos que mantém espécies próximas à extinção em suas jaulas são, infelizmente, uma necessidade atualmente. Se não fosse pelo trabalho de reprodução assistida e preservação, muitas delas já teriam desaparecido pela caça predatória ou pela destruição de seu habitat. Mas meu sonho é que isso seja apenas uma medida paliativa e temporária, para que, no futuro, não haja mais necessidade de animais presos.

Se eu acreditar que o homem é dotado de inteligência e compaixão suficientes para cuidar desse planeta e dos que nele vivem, um dia também acreditarei que esse sonho seja realidade. E não precisarei viver num mundo sem pandas, tigres, araras-azuis…

 

Anúncios

5 comentários a “Inspiração para libertar”

  1. Nossa… simplesmente amei esse post…

    Minha tia tem em casa 4 cocotas, daqueles verdinhas, que chegam a morrer várias durante o transporte da amazônia para cá. Então, eu simplesmente nem brinco com elas, acho um absurdo aquele bicho preso dentro de casa e ainda por cima comendo coisas que não são próprios pra dieta deles… Ela sabe da minha opinião, não gosta, mas não vou concordar com isso só porque ela é minha tia né?

    Nem cachorro deve ser preso dentro de apartamento e tal…

    Eu até gosto de zooloógico, mas não vou muito pois tenho pena dos bichinhos presos lá….

    Adoro seu blog..

    bjokassssssssss

  2. pois é , Rê. concordo muito c vc. Mas, infelizmente, o homem é o mair predador da natureza. E o mais cruel, porque nao faz isso p saciar suas necessidades básicas, mas p ter’ poder’… Justamente sobre este tipo de poder q tenho pensado ultimamente. Nessa – como vc bem disse – gastação de dindim a toa, nesses paradigmas… Porque as pessoas nao querem ser elas mesmas?????? E deixar q outros o sejam – incluindo aí os animais????
    bjus

  3. Oie Re!!!
    Adorei o seu texto… lindo lindo!
    Sério que a âncora do jornal disse isso? que demais! Acredita que essa foi a primeira coisa que eu pensei quando li a notícia?
    Até quando as pessoas vão usar o “sacrifício” dos animais para o seu lazer?
    beijos!
    Anah

  4. Poxa, por que coisas ruins precisam acontecer pra gente aprender a respeitar uns aos outros, outras espécies, a natureza, enfim, o mundo em que vivemos?
    Fiquei muito triste pela notícia, mas, feliz pela importância e destaque que você deu pra ela e pelo texto lindo!
    A imagem do tigre correndo para o mar, também, é muito linda! Emoção=)
    Beijos montes,
    Lou

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s