Todos os artigos de Renata Tufano

Tradutora, escritora, viajante, curiosa. Essa sou eu.

Antes de você me tocar,
eu era uma jaula
cheia de coisas selvagens.

Minha mãe costumava dizer,
“cuidado com os lobos,
eles conseguem sentir o cheiro
da cama das ovelhas,
a quilômetros de distância.”

Então, todas as noites,
eu dormia nua
e acordava cheirando à lua,
pois minha mãe nunca soube,
que não é o lobo
que dorme com a ovelha,
é a ovelha quem primeiro precisa aprender
a correr com os lobos.

O que eu estou tentando dizer é,
eu sempre me perguntei
como seria o inferno.
Eu apenas nunca imaginei
que eu iria amá-lo
tanto.

Before you touched me,
I was a cage full of
wild things.

My mother used to say,

‘be wary of wolves,
they can smell
the beds of lambs
from miles away.’

so every night
I would sleep naked
and wake up smelling of the moon,
for my mother never knew,
that it is not the wolf
who sleeps with the lamb,
it is the lamb who must first learn
how to run with the wolves.

What I’m trying to say is,
I always wondered
what hell would feel like.
I just never imagined
that I would love it
so goddamn much.

[Pavana]

arte: Painting by Lola Gil

Eu quero te amar como um campo aberto. Um lugar amplo o suficiente para que você liberte as criaturas terríveis do seu coração. Um lugar grande o suficiente para que você possa andar sem destino e, por quilômetros e quilômetros, enxergar apenas eu. 

I want to love you like an open field. A place large enough for you to release the heavy creatures of your heart. A place large enough for you to wander and all you see for miles and miles is me.

[Kelsey Danielle]

art: Christina’s World (1948) – Andrew Wyeth (MoMA – NY)