Arquivo da categoria: Customização

Mais tricô na gringa

O tricô (e o crochê!) reinou poderoso em muitos outros desfiles em Milão e NY. Pra inspirar e colocar nossas mãozinhas pra trabalhar…

Fotos do UOL e do Petiscos.

As imagens acima são do desfile da Missoni, que usou muito degradê de cor e patchwork, além das coloridas flores de crochê.

Colete com cintinho e cardigan fazendo as vezes de vestido, no Salvatore Ferragamo.

D & G, a segunda marca do Dolce & Gabanna, apostou no jacquard de tricô e muito volume. Linda mistura de tricô com renda e transparência.

Já a marca própria dos italianos, apostou na sofisticação dos acessórios e no preto com dourado.

Marc Jacobs também apostou no volume e nos fios felpudos. A listinha fina lembra a tendência marinheiro.

Customização vapt-vupt com tachas

 

Se você ainda não cansou das tachinhas (eu ainda não cansei) e pretende fazer uma customização rápida, fácil e indolor, pense nessa ideia:

 

 

Receita

 

Uma camisa masculina vintage

Umas 100 tachinhas niqueladas

Um alicate (pra dobrar os ganchinhos na parte de trás das tachas – mais explicações aqui)

Umas duas horas do seu tempo e bastante capricho.

 

PRONTO!

 

Inspiração abaixo:

 

 

Faça a sua!

 

Camiseta + colar de tecido

Taí uma ótima ideia pra mudar a cara de uma simples regatinha branca: colarzão de tecido! Fácil de fazer, escolha uma das cores flúo da moda verão ou fique com o eternamente chique preto.

 

Esses dois são palas de renda bordada. Compre a pala pronta ou borde com miçangas, canutinhos e vidrilhos, prenda um pedaço de corrente em cada ponta e um fecho de bijuteria atrás e tá pronto! Tem muita pala de renda bonita aqui.

Botões encapados de tecido tb funcionam. O truque aqui é desenhar um colar com tecido e entretela e ir fixando os botões em cima. Você também pode usar botões de metal ou combinar todas as sobras de botão que você tem em casa! Reciclagem já!

Chatons combinam com glamour. De um único tamanho (grande) ou de vários formatos, borde-os sobre uma base de tecido.

Uma coisa assim meio cacique, praticamente uma gola de penas com acabamento em miçangas no decote. Pra quem quiser arrasar de verdade!

 Use com shortinhos jeans e sandália rasteira com pedras ou tipo gladiadora e tá pronta!

 Todas as fotos são do site Chic

Faça e Use: Cintinho de Corrente

 

 

Correntes! Além de terem aparecido aqui nos desfiles de verão, apareceram também lá no hemisfério norte nos desfiles de inverno. O brilho do dourado é atual e chique, conversa com as bolsinhas estilo chanel com alças de corrente e marca a cinturinha nos vestidos leves de verão. Fazer seu próprio cintinho de corrente é muito fácil!

Você vai precisar de fita de cetim ou gorgurão fininha, uma corrente grossa, linha e agulha. Marque na sua cintura quantos centímetros você vai usar pra dar uma volta (ou duas) e ainda um tanto de fita para fazer um laço. Corte esse pedaço e comece a passar pelos elos da corrente, por cima e por baixo.

 

 

Você vai ter que calcular quanto quer deixar logo no começo porque depois a fita não vai poder ser “arrastada” pela corrente, entende? Não dá pra puxar no final o que falta! Então, logo no primeiro elo da corrente, já deixe o comprimento certo sobrando e vá passando a fita até o outro lado. Corte um pedaço mais ou menos 30% maior do que você acha que vai precisar (ex.: se acha que 1 metro dá, corte 1 metro e 30 centímetros).

 

 

Passada toda a fita, arrume a corrente bem bonitinha, certificando-se que nenhum elo ficou torto ou virado. A fita também não pode ficar virada. Em cada ponta, dê vários pontinhos para a fita não escapar mais. Use uma agulha fina e linha da mesma cor da fita.

 

 

Pronto! Agora é só usar sua obra de arte! Pode ser cinto, colar, pode até virar pulsiera ou enfeite de cabeça.

 

 

O bonito da corrente é que ela conversa com tachinhas e tendência fluo (usar uma fita fluo com corrente dourada fica lindo), que são tendências marcantes do verão.

 

 

Belezinhas da Farm

 

Amarração de Lenço – Ideia de Leitora

Olha que legal! A Luciana, leitora do blog, viu meu post sobre amarrações de lenço e, muito fofa, madou um tutorial completíssimo com uma amarração inventada pela mãe dela. O mais legal é que ela me autorizou a divulgar todo o passo a passo aqui e ensinar todo mundo!

 

Luciana-2a

 

Uma salva de palmas para a Luciana!!

 

Mais amarrações aqui ou digitando “lenços” na busca aí do lado. Tem até vídeos!

 

Minhas Mãos na Moda Moldes

capa_3099_22986g

A Moda Moldes deste mês oferece aos seus leitores uma proposta de customização para aproveitar a tendência dos paetês e que também serve de sugestão para uma virada de ano na praia ou num ambiente descontraído. Eu fui encarregada de transformar uma camiseta regata branca em uma regatinha especial!

.

90536547ml042_mercedes_benz.jpg_cmyk

A peça da coleção desfilada na Semana de Moda de NY de BCBG Max Azria foi a inspiração…

.

IMG_8138b

…para criar esta belezinha!

 

Como toda boa customizadora, assim que ela ficou pronta tive mais algumas ideias para usar os aviamentos. Você pode:

  • Passar as tiras de aviamentos do lado esquerdo do decote em direção à barra direta, como se fosse uma faixa de miss;
  • Cortar todos os aviamentos do mesmo tamanho;
  • Prender os aviamentos no decote e na barra;
  • Fazer a franja em volta de todo o decote;
  • Prender os aviamentos em volta do decote, como se fosse um colar…

Enfim, use a criatividade! O passo a passo (só minhas mãos aparecem!) tá todo na revista, assim como a lista de materiais. Compre a sua aqui!

.

IMG_8135 IMG_8136

Na primeira foto, Fernanda (fotógrafa) e Rebeca (redatora). Na outra foto, eu, blusinha e Rebeca.

.

IMG_8141 IMG_8142

Prensa antiga no hall de entrada lindo do prédio da Editora On Line.

 

Renda

As arteiras do Superziper fizeram dois posts recentes sobre renda, um com um tutorial pra fazer um colarzinho e outro pra fazer um cinto. Engraçado como essas coisas são… Eu tinha feito um colarzinho muito parecido, inspirado numa matéria de uma revista Manequim de 2002 e deixei o coitadinho encostado porque não achei que o caimento tinha ficado bom. Aí, lendo lá no Superziper que elas usaram uma rend sintética, me deu um estalo: minha renda era 100% algodão, então eu podia engomar! Assim, ressuscitei meu colarzinho!

IMG_8162

A renda pode ser facilmente encontrada na 25 de março ou armarinhos. É renda para acabamento de decote, como é conhecida. Para transformá-la em pingente, eu primeiro tive que engomá-la, pra ela ficar certinha e não ficar dobrando para os lados. Como engomar?? Veja as dicas do blog http://alemdecriar.blogspot.com/

 Receita com goma líquida vendida em supermercado (Goma Pox):

• 2 colheres de sopa de Goma Pox

• 1 copo de água ( 250ml)

• Bacia

Dissolva bem as 2 colheres de sopa de Goma Pox em um copo de água ( copo de requeijão). Despeje na bacia e mergulhe o tecido encharcando-o bem. Deixe escorrer e coloque para secar em lugar plano. Quando estiver quase seco, passe bem a ferro.

Receita com amido de milho (Maizena é uma das marcas):

• 1 colher de sobremesa de amido de milho

• 1 copo de água ( 250ml)

• 1 panelinha

• Colher para mexer

Dissolva bem o amido de milho na água fria e leve ao fogo, mexendo sempre. Quando levantar fervura, continue mexendo até perceber que engrossou e desligue o fogo (fica como um mingau bem ralinho). Deixe baixar a fervura e mergulhe o tecido até encharcar bem. Tire-o com cuidado para não se queimar, porque vai estar bem quente. Coloque o tecido em uma superfície plana para secar completamente, depois passe bem a ferro na temperatura adequada ao tecido escolhido.

Receita com termolina leitosa:

• 1 tampinha de termolina leitosa

• ½ tampinha de água

• Plástico para proteger a mesa

• Trincha ou pincel largo

Coloque a termolina e a água em um copo e misture bem até dissolver completamente. Mergulhe a trincha nesta solução e passe sobre o tecido espalhando bem, até molhá-lo completamente. Deixe secar e passe a ferro na temperatura adequado ao tecido e cobrindo-o com um pano limpo. Lave bem o pincel em água corrente depois de usá-lo.

Receita com cola branca:

• 1 parte de água

• 2 partes de cola branca

• bacia

Essa receita é indicada para se fazer trabalhos maiores, porque o tecido fica mais firme. Despeje a cola e a água em uma bacia e misture bem até dissolver completamente a cola. Mergulhe o tecido, cuidando para todo ele fique bem molhado. Retire da bacia e coloque para secar. Passe bem a ferro na temperatura adequada ao tecido. Se for fazer esta receita apenas para um pedacinho de tecido, faça como na receita com termolina.

Devidamente engomada, coloquei duas argolinhas de bijuteria de cada lado. Não coloquei na pontinha porque a minha renda era relativamente larga e ia ficar dobrando. Mas, dependendo da sua renda, pode colocar bem na pontinha mesmo.

IMG_8164

Uma das argolinhas foi colocada diretamente dentro da argola do fecho da corrente. Repare na foto que a argolinha de montagem é a que está meio aberta. Ela fica fixa.

IMG_8163

  A argola do outro lado foi presa para que o fecho da corrente encaixasse nela.

 

Assim, o colar é abotoado na frente mesmo e é super fácil de ser ‘desfeito’, se por acaso a renda tiver que ser lavada ou mesmo se você se cansar e quiser fazer outra coisa com a renda ou com a corrente. Fica lindinho usado sobre regatas ou sobre blusas com decote em V.

IMG_8243

Quanto ao cinto de renda, minha sugestão é simplesmente pegar um bico de renda vendido a metro, ou comprar um pacote com pelo menos 2 metros, dar duas voltas na cintura e fazer um laço. Deixe as pontas caídas. Fica lindo sobre vestidos ou blusinhas de seda. Faça parecido com os lencinhos de Wilson Ranieri, nos desfiles da SPFW Verão 2010. Lindo, né?

Wilson Ranieri - SPFW Verão 2009-10 - 01 Wilson Ranieri - SPFW Verão 2009-10 - 05