Inspiração para amar quietinho

 

O amor não se mede
pela liberdade de se expor nas praças
e bares, em empecilho.
É claro que isto é bom e, às vezes,
sublime.
Mas se ama também de outra forma, incerta,
e este o mistério:

 

– ilimitado o amor às vezes se limita,
proibido é que o amor às vezes se liberta.

 

 

Affonso Romano de Sant’Anna

Anúncios

6 comentários a “Inspiração para amar quietinho”

  1. Bela foto e doce poema!
    O Fábio diz que ele é assim: ama quietinho. Ele até cita o Lulu Santos:

    “eu gosto tanto de vc
    que até prefiro esconder
    deixa assim ficar subentendido
    como uma idéia que existe na cabeça e não
    tem a menos pretenção de acontecer”

    Mas acho que embora não verbalize o tempo todo, ele sabe demonstrar mais do que satisfatoriamente!

    Adorei a amarração do post abaixo!

    Beijo, querida!

  2. Re, que chato que seu trabalho atrasou por causa da net! É um saco quando isso acontece, mas eu agradeço por vc ter tentato me acompanhar!

    Eu só vi a Julia quando estava atrás das pickups, então só reparei no blazer nude mesmo. Mas morri de vergonha de olhar pra cara dela hahahahaha

    Todas as pessoas que olharam para mim com cara de bumbum estavam de nude, mas quase nenhuma saiu nas fotos do site hahahahaha

    Bjosssssss

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s